HOME | ATUALIDADES | DICAS | NOTÍCIAS DE VESTIBULARES | ENTREVISTAS | FALE CONOSCO
Assista os vídeos da Oficina do Estudante Siga a Oficina do Estudante no Twitter Curta a Oficina do Estudante no Facebook Assine os feeds do cursinho campinas
 
Top 10 inadequações gramaticais (ou não) em redações – Parte 1

O cursinho pré vestibular Oficina do Estudante de Campinas traz para conhecimento de todos os leitores que irão prestar os melhores vestibulares do país.

Top 10 inadequações gramaticais (ou não) em redações – Parte 1 - Cursinho Campinas - Pré Vestibular - OFICINA DO ESTUDANTE
Gramaticando (Foto: Google Imagens)
Top 10 inadequações gramaticais (ou não) em redações – Parte 1

E aí, gente! Tudo bom com vocês? Com a aproximação das provas de redação dos vestibulares de meio de ano, o Gramaticando dá uma dica para vocês focando em redação. Na sua nota dessa prova, uma parte será atribuída de acordo com seu bom domínio da norma culta do idioma. Nossa intenção nestes próximos dois textos é dizer para vocês os dez erros mais comuns nas redações e como solucioná-los. Vamos a eles?

Número 10 – Clichês

Evite clichês/chavões (como expressões cristalizadas, ditados populares e coisas do tipo), a não ser que você os explique logo em seguida. Sempre o relacione com o contexto.

Exemplo do que NÃO deve ser feito: É difícil mudar a situação da educação no Brasil. Mas não podemos esquecer: água mole em pedra dura, tanto bate até que fura.

Número 9 – Tem que ter título?

É muito comum os redatores terem dúvidas sobre o texto ter que ter título ou não. Em caso de dissertações, sua proposta de redação dirá se deve colocar ou não. Caso ela não exija, o título não será avaliado. Caso peça, será avaliado. Não se esqueça de colocá-lo. Nos outros casos, use o bom senso. Segue uma lista de gêneros mais comuns e se possui título, ou não:




Reportagem – Sim
Editorial – Sim
Discurso – Não
E-mail – Não (assunto não é título)
Artigo – Sim
Comentário – Não
Relato – Depende. Recomendado.
Crônica – Sim
Manifesto – Depende. Se for escrito, sim. Se for falado, não.
Resenha – Sim

Número 8 – A Autoajuda.

Textos dissertativos não são os que devem apresentar comentários de senso comum ou conselhos a seu interlocutor. Aliás, nem mesmo interlocutor há nesse tipo de texto. Prefira as ações pontuais ao típico “temos que dar as mãos e nos unir” (na verdade, nem mesmo recomendo o uso de primeira pessoa do plural, pode-se cometer algum erro caso mal empregada).

Exemplos do que NÃO deve ser feito: É necessária a conscientização sobre a orientação profissional. Temos que valorizar a hora de escolher o emprego. Quantas pessoas não são infelizes em seu trabalho? Quantas pessoas não querem se demitir? Quantas pessoas não odeiam sua carreira? A vida é uma só, aproveite-a!

Número 7 – Atualmente

“ATUALMENTE, NOS DIAS DE HOJE, NA SOCIEDADE PÓS-MODERNA EM QUE ESTAMOS INSERIDOS, os alunos iniciam as dissertações com um advérbio de tempo”. Tal construção não é recomendada, uma vez que o uso desse advérbio junto a um verbo no presente pode ser redundante.

Pior. Pode significar que antigamente isso não acontecia, acontece apenas agora. Seu texto pode ficar (além de clichê) incoerente.

Exemplo do que NÃO deve ser feito: Atualmente, existem muitos casos de trabalho escravo no país. (Repare, então quer dizer que antes não existiam? Nem mesmo na época da escravidão???)
Top 10 inadequações gramaticais (ou não) em redações – Parte 1  - Cursinho Campinas - Pré Vestibular - OFICINA DO ESTUDANTE
Gramaticando (Foto: Google Imagens)
Top 10 inadequações gramaticais (ou não) em redações – Parte 1  - Cursinho Campinas - Pré Vestibular - OFICINA DO ESTUDANTE
Gramaticando (Foto: Google Imagens)
Número 6 – Onde

Onde indica LUGAR. Só e somente só LUGAR. Não use essa palavra para indicar outra coisa que não seja um lugar físico ao qual se pode ir.

Exemplos do que NÃO deve ser feito:
A língua é onde nos encontramos enquanto sujeito.
A Revolução Industrial é o momento onde a burguesia ganhou força.
A palavra oxítona é onde a sílaba tônica é a última.
Prometem evitar tais erros? Os próximos cinco serão ainda mais frequentes e costumam descontar mais pontos ainda que esses.

Qualquer dúvida, mande um e-mail.

Um beijo no coração e até a próxima.

Ivan Perina, Professor de Língua Portuguesa, Graduando em Letras pela UNICAMP
Veja também

• Fonética Básica: Fonema, Dígrafo e Encontros

Oi, gente, tudo bom com vocês? Não sei se vocês já repararam, mas existem diversos campos de estudo na área...

• Regência Verbal

Oi, gente! Lembram-se do conceito de transitividades verbais? O que é um verbo de ligação, transitivo, intransitivo? Se não, leia...

• Porquê tenho que usar esse Por que

E aí, gente, tudo bom?

É com grande prazer que escrevo esse primeiro texto para o Gramaticando.

Antes...

• Funções da Linguagem

Oi, gente, tudo bem com vocês? Na última publicação, falamos sobre os elementos da comunicação. Para dar continuidade, falaremos sobre...

• Elementos da Comunicação

Elementos da Comunicação
E aí, gente, tudo bom? Nessa publicação, serão abordados os elementos os conceitos e definições dos elementos...

• Diferenciando “Predicativo” de “Adjunto Adnominal” – Ambiguidades

Diferenciando “Predicativo” de “Adjunto Adnominal” – Ambiguidades

E aí, gente, beleza? Já ouviram falar no predicativo? O nome é incomum, mas...

• Top 10 inadequações gramaticais (ou não) em redações – Parte 2

Top 10 inadequações gramaticais (ou não) em redações – Parte 2
E aí, gente! Tudo bom com vocês? Vamos agora...

• Frase, Oração e Período: Introdução ao Período Composto.

Frase, Oração e Período: Introdução ao Período Composto.
E aí, gente, tudo bom? Antes de tudo, uma pergunta: Considera que frase,...

• Acentos diferenciais e Palavras Homônimas e Parônimas

Acentos diferenciais e Palavras Homônimas e Parônima


E aí, gente, tudo bom? Estamos no ano de 2012 e a Reforma Ortográfica...

• Diferenciando Adjunto Adnominal e Complemento Nominal

E aí, gente, tudo bom? Nesse artigo vamos diferenciar dois sintagmas que podem ser facilmente confundidos o Adjunto Adnominal o...

‹ « [1] 2 3 »
 
Bolsa de Estudos - Pre Vestibular - Cursinho Campinas - OFICINA DO ESTUDANTE
 
Blog do Bixo - OFICINA DO ESTUDANTE
Fuvest: divulgada as notas de corte da 1ª fase
A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), de São Paulo, publicou em seu site nesta sexta-feira,...
Unicamp divulga aprovados na 1ª fase do Vestibular
A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) está divulgou nesta quinta-feira (7) a lista...
Ler em voz alta ajuda a fixar coisas na memória
Por Ana Prado Guia do Estudante Quando temos muita coisa para estudar, nosso sonho é conseguir memorizar os...
Veja os vestibulares do próximo fim de semana
Região Sudeste Uerj A Universidade do Estado do Rio de Janeiro aplica as provas da segunda fase do...
Unesp divulga aprovados para 2ª fase do vestibular
Universidade Estadual Paulista (Unesp) divulgou nesta sexta-feira (1º) o resultado da primeira fase do vestibular 2018....
by Oficina do Estudante
 

Cursinho Campinas - Pré-Vestibular
Av. Brasil, 601 - Campinas/SP
F.: 19-3241.6688

Assista os vídeos da Oficina do Estudante Siga a Oficina do Estudante no Twitter Curta a Oficina do Estudante no Facebook Assine os feeds do cursinho campinas Pré-Vestibular e Ensino Médio Oficina do Estudante